domingo, 10 de fevereiro de 2013

SEMAD - PORTAL SUPERA - CURSO GRATUITO - MODALIDADE DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

PORTAL SUPERA!
O curso SUPERA é promovido pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD) do Ministério da Justiça (MJ), oferecido gratuitamente por meio da parceria com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e executado na modalidade de Educação a Distância (EaD) pelas equipes daUnidade de Dependência de Drogas (UDED) do Departamento de Psicobiologia da UNIFESP e do Departamento de Informática em Saúde (DIS).O curso SUPERA (Sistema para detecção do Uso abusivo e dependência de substâncias Psicoativas: Encaminhamento, intervenção breve, Reinserção social e Acompanhamento) foi cuidadosamente elaborado por profissionais com grande experiência nas áreas de política sobre drogas, prevenção do uso e tratamento da dependência de crack, álcool e outras drogas.


Esta capacitação oferecerá dez mil vagas para profissionais das áreas de saúde e assistência social e é parte integrante do programa “Crack, é possível vencer”, que prevê, entre outras ações, ampla capacitação de profissionais das áreas de saúde, assistência social, justiça, segurança pública, conselheiros, educação lideranças comunitárias e religiosas.

Este curso tem carga horária de 120 horas/aula e os alunos que o concluírem receberão um certificado de extensão universitária registrado pela pró-reitoria de extensão da UNIFESP, juntamente com um kit de instrumentos para detecção do uso de crack, álcool e outras drogas.
As inscrições estarão abertas (somente on line) no período de 26 de dezembro de 2012 a 24 de fevereiro de 2013.

As datas de início do curso serão divulgadas após o período de seleção dos alunos, os quais receberão um e-mail com o resultado da seleção. Utilize e-mail válido, pois será através dele que você receberá as orientações dos próximos passos.

Para quaisquer esclarecimentos, envie um e-mail para inscricao.supera5@supera.org.br

Saltar Inscrições ABERTAS
Esconder o bloco Inscrições ABERTAS

Inscrições ABERTAS

Estão abertas as inscrições para a QUINTA edição do curso SUPERA.

FONTE: http://www.supera.senad.gov.br/


SENAD - capacitação


 Capacitação
pixel
pixel
pixel
pixel
Cidadania » Capacitação
pixel
pixel
pixel
pixel

Capacitação
Curso de prevenção do uso de drogas para educadores de escolas públicas

Configura-se em uma iniciativa da Senad em parceria com o Ministério da Educação – MEC e execução pela Universidade de Brasília – UnB que oferece nesta quinta edição, 70 mil vagas para professores, coordenadores e gestores de escolas públicas, do Ensino Fundamental e Médio, de escolas públicas de todo o país. As inscrições estão abertas até dia 06 de agosto no site educadores.senad.gov.br 

data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{D9C281A9-CF7A-44F1-821B-45ADBE29AF5D}/separacao.gif
Curso Supera - Sistema para detecção do uso abusivo e dependência de substâncias psicoativas: 
Encaminhamento, intervenção breve, Reinserção social e Acompanhamento
O curso Supera é executado em parceria com a Universidade Federal de São Paulo - Unifesp e oferece a cada edição, 5.000 vagas para profissionais de saúde e da assistência social que atuam no tratamento de usuários de álcool e outras drogas em todo o País.

data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{D9C281A9-CF7A-44F1-821B-45ADBE29AF5D}/separacao.gif
Curso de prevenção do uso de drogas em instituições religiosas e movimentos afins – Fé na Prevenção
O curso Fé na Prevenção é executado em parceria com a Universidade Federal de São Paulo - Unifesp e oferece, a cada edição, 5.000 vagas para lideranças religiosas de diferentes doutrinas e movimentos afins no intuito de ampliar o conhecimento técnico sobre drogas, qualificar o acolhimento dos membros da comunidade e mobilizar a rede de serviços disponíveis para a prevenção, o tratamento e a reinserção social de usuários e dependentes, bem como o apoio aos familiares.

data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{D9C281A9-CF7A-44F1-821B-45ADBE29AF5D}/separacao.gif
Curso de prevenção ao uso indevido de drogas – Capacitação para conselheiros e lideranças comunitárias
O Curso "Prevenção ao uso indevido de drogas: Capacitação para conselheiros e lideranças comunitárias" é executado em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e tem por objetivo capacitar 15.000 profissionais de diferentes conselhos e lideranças comunitárias para a melhor atuação em seu contexto local.
Podem participar lideranças comunitárias e conselheiros que atuam nos seguintes Conselhos: de Segurança; sobre Drogas; Tutelar; dos Direitos da Criança e do Adolescente; da Educação; da Saúde; da Assistência Social; Conselho Escolar; Conselho da Juventude, Idoso, Trabalho, Populações Afrodescendentes, dentre outros.

data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{D9C281A9-CF7A-44F1-821B-45ADBE29AF5D}/separacao.gif
Curso de prevenção ao uso de álcool e outras drogas no ambiente de trabalho – Conhecer para Ajudar
Configura-se em uma iniciativa da Senad em parceria com o Serviço Social da Indústria/Departamento Nacional (SESI/DN) e é executado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
O curso tem como objetivo capacitar 5.000 profissionais das indústrias/empresas brasileiras, públicas e privadas, distribuídos nas áreas de Saúde e Segurança do Trabalho, Recursos Humanos e demais áreas relacionadas com a temática, bem como aos integrantes das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes contribuindo, assim, para o enfrentamento de situações relacionadas ao consumo de álcool e/ou outras drogas no ambiente de trabalho, minimizando as conseqüências a ele associadas, para o trabalho e para a saúde do trabalhador, seus familiares e a sociedade em geral.
data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{D9C281A9-CF7A-44F1-821B-45ADBE29AF5D}/separacao.gif 
Projeto: Integração de competências no desempenho da atividade jurídica com usuários e dependentes de drogas.
Este projeto tem como objetivo construir respostas intersetoriais nas áreas jurídica, da educação, saúde e assistência social, que cumpram propor soluções interdisciplinares ao enfrentamento do fenômeno drogas em suas diferentes interfaces.
Uma das etapas do projeto é a realização do curso a distância, voltado aos Operadores do Direito e profissionais que atuam na área psicossocial dos Juizados Especiais Criminais – JECs e Varas da Infância e da Juventude – VIJs, com vistas a oferecer as bases teóricas para uma adequada atuação multiprofissional no atendimento aos usuários de drogas, incluindo a articulação com a rede de serviços existente na comunidade. O Curso tem como objetivo avaliar a efetividade da Lei nº11.343/06, em termos de aplicabilidade, encaminhamento aos serviços de tratamento disponíveis, modelos existentes e resultados deste encaminhamento; promover a capacitação dos diferentes atores envolvidos na aplicação da lei, visando ao cumprimento de penas e medidas alternativas, medidas protetivas e medidas socioeducativas, de modo a garantir o aprimoramento do serviço judiciário e diminuição da reincidências. São 15.000 vagas para Operadores de Direito dos Juizados Especiais Criminais e Juizados da Infância e da Juventude, profissionais da área de atenção psicossocial e profissionais da área de segurança pública de todo o Brasil.

data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{D9C281A9-CF7A-44F1-821B-45ADBE29AF5D}/separacao.gif
Curso de capacitação em conceitos básicos, tratamento e reinserção social para líderes, terapeutas e gestores de comunidades terapêuticas (CTs):
Realizar um curso utilizando a tecnologia de ensino à distância para 5.000 profissionais de CTs do país, visando capacitá-los tanto para a recuperação clínica como para a reabilitação e reinserção social dos usuários de crack e outras drogas atendidos, com a incorporação de princípios decorrentes da melhor evidência científica na área de tratamento desses usuários
data/documents/storedDocuments/{334263AD-A534-4B0E-AD1D-363427828AB4}/{D9C281A9-CF7A-44F1-821B-45ADBE29AF5D}/separacao.gif


FONTE: http://portal.mj.gov.br/main.asp?ViewID=%7B3A1B2C37-4B6D-4C92-80F8-6BD24F53CBAF%7D&params=itemID=%7B3DE302EF-93BE-4BF5-8921-C45C762640D9%7D;&UIPartUID=%7B2868BA3C-1C72-4347-BE11-A26F70F4CB26%7D

SENAD - Inscrições abertas para cursos nas áreas da saúde e assistência social



Políticas sobre Drogas  »  Notícias
pixel
pixel
pixel
pixel

 27/12/2012 - 14:22h

Inscrições abertas para cursos nas áreas da saúde e assistência social

O Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), abriu na última segunda-feira (24)  inscrições para 10 mil vagas na 5ª edição do Curso SUPERA – “Sistema para detecção do Uso abusivo e dependência de substâncias psicoativas: encaminhamento, intervenção breve, reinserção social e acompanhamento”.

O curso, totalmente gratuito, visa capacitar profissionais das áreas da saúde e assistência social para identificação e abordagem dos usuários de álcool, crack e/ou outras drogas, com a apresentação de diferentes modelos de prevenção e intervenção e encaminhamento. A capacitação é desenvolvida na modalidade de Educação a Distância (EaD), com carga horária de 120 horas e tem a duração de três meses. Os alunos que concluírem o curso receberão certificado de extensão universitária emitido pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Os alunos receberão o material didático no endereço residencial e terão acesso às novas tecnologias de EaD, incluindo Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), portal específico do curso, acompanhamento por tutores especializados e telefonia gratuita para dúvidas e orientações.

O curso é parte integrante do eixo “prevenção” do programa “Crack, é possível vencer”, que prevê, entre outras ações, a ampla capacitação de profissionais das áreas de saúde, assistência social, educação, justiça, segurança pública, conselheiros e lideranças comunitárias e religiosas.

Inscrições gratuitas
www.supera.senad.gov.br  


FONTE: http://portal.mj.gov.br/main.asp?View={B65AD46B-7869-40ED-B5EC-1652B28565BC}&BrowserType=NN&LangID=pt-br&params=itemID%3D%7B4B272A3B-625C-41C2-A40A-DD86ADF5DD39%7D%3B&UIPartUID=%7B2218FAF9-5230-431C-A9E3-E780D3E67DFE%7D

SENAD-SUPERA: Chamado para 10 mil vagas para acolher usuários de crack e drogas



 16/11/2012 - 10:56h

Chamado para 10 mil vagas para acolher usuários de crack e drogas


O Programa Crack,é possível vencer deve gerar mais de 10 mil vagas para acolher gratuitamente usuários e dependentes de drogas em todo o país com a publicação do chamamento público para comunidades terapêuticas voltadas para o acolhimento dessas pessoas. Os recursos para ação são provenientes do Fundo Nacional Antidrogas (Funad), com o pagamento mensal de R$ 1 mil pelos serviços de acolhimento de adultos e R$ 1,5 mil para crianças, adolescentes e mães em fase de amamentação.

O Edital para habilitação e pré-qualificação de entidades para celebrar contrato para prestação de serviços de acolhimento de pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de substância psicoativa foi publicado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça (Senad/MJ) dia 8/11, no Diário Oficial da União. As comunidades terapêuticas interessadas em participar do chamamento público têm até o dia 7 de janeiro de 2013 para encaminhar os documentos para habilitação.

O chamamento público será realizado em três fases: Habilitação, que corresponde à verificação da regularidade jurídica, fiscal e trabalhista, situação econômico-financeira e condição técnica da entidade; Pré-qualificação, que se refere à verificação da condição técnica da entidade; e Celebração de contrato.

A Senad/MJ oferecerá cursos e avaliará os serviços prestados pela entidade. As comunidades terapêuticas selecionadas devem, obrigatoriamente, participar da capacitação dos profissionais e voluntários que atuarão com as pessoas acolhidas.

Obrigações das comunidades terapêuticas
  • Não praticar ou permitir a contenção física, isolamento ou restrição à liberdade da pessoa acolhida.
  • Respeitar a internação voluntária, exceto para casos previstos em lei
  • Obedecer a Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) nº 29 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que dispõe sobre os requisitos de segurança sanitária para o funcionamento de instituições que prestem serviços de atenção a pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de substâncias psicoativas.
  • Comunicar formalmente o acolhimento voluntário da pessoa em tratamento às redes do Sistema Único de Sáude (SUS), do Ministério da Saúde, e do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).
Programa Crack, é possível vencer – Prevê, no total, R$ 4 bilhões em recursos federais e conta com ações dos ministérios da Justiça, da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, além da Casa Civil e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República até 2014. Instituído pela Presidência da República com o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas para prevenir o uso, oferecer tratamento e reinserção social de usuários e enfrentar o tráfico de crack e outras drogas ilícitas. As ações são executadas de forma descentralizada e integrada, por meio da conjugação de esforços entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, e com a participação da sociedade civil e do controle social. O Plano Integrado tem como fundamento a integração e a articulação permanente entre as políticas e ações de saúde, assistência social, segurança pública, educação, desporto, cultura, direitos humanos, juventude, entre outras, em consonância com os pressupostos, diretrizes e objetivos da Política Nacional sobre Drogas.


Leia também

 Edital de Chamamento Público Nº 1/2012 – Senad/MJ
 Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas, instituído pelo Decreto nº 7.179 
 Resolução de Diretoria Colegiada (RDC) nº 29 da Anvisa 
 Anexo I - Edital Comunidades Terapêuticas
 Anexo II - Edital Comunidades Terapêuticas
 Anexo III - Edital Comunidades Terapêuticas
 Anexo IV - Edital Comunidades Terapêuticas
 Anexo V - Edital Comunidades Terapêuticas
.